Estudo comparativo de metodologias de inspeção para avaliação do estado de degradação de edifícios

Published 2024-06-06

  • David de Souza Tavares
  • ,
  • Chenia Rocha Figueiredo
  • ,
  • Lenildo Santos da Silva
  • ,
  • João da Costa Pantoja


PDF (Português (Brasil))

Keywords: degradação, inspeção predial, manutenção, conservação

Abstract

O presente artigo possui como principal objetivo, comparar as metodologias de inspeção, no intuito propositado de auxiliar a gestão na tomada de decisões no âmbito da conservação das edificações. Foram utilizadas metodologias de inspeção respaldadas pela Norma de Inspeção Brasileira (NBR 16747), MAEC e pela Norma Holandesa. Para tal acontecimento, tomou-se como amostra, duas edificações em Brasília/DF/Brasil. Com os resultados obtidos, foi possível verificar o estado de degradação do sistema estrutural das edificações, tornando-se viável, estabelecer uma escala de prioridades de ações, auxiliando no diagnóstico das edificações, como instrumento de apoio na gestão de uso, operação e manutenção das edificações


References

  1. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5674: Manutenção de edificações — Requisitos para o sistema de gestão de manutenção. ABNT. Rio de Janeiro, p. 25. 2012.
  2. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15575: Edificações Habitacionais - Desempenho. ABNT. Rio de Janeiro. 2013.
  3. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 16747: Inspeção predial - Diretrizes, conceitos, terminologia e procedimento. Rio de Janeiro, p. 14. 2020.
  4. CAU/DF, CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO DISTRITO FEDERAL. 2° Selo – Escola Classe SQS 316. CAU/DF, 2021. Disponível em: <https://www.caudf.gov.br/2-selo-escola-classe-sqs-316/>.
  5. CHAVES, J. R. D. S. A segurança ao uso normal na decisão de intervenção em parques edificados. Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Civil - Faculdade de Ciências e Tecnologia - Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2015.
  6. Especificação LNEC E 391 (1993) Betões. Determinação da resistência à carbonatação. LNEC, 1 p.
  7. FERREIRA, M. M.; GOROVITZ, M. A invenção da superquadra: o conceito de unidade de vizinhança em Brasília. 1ª. ed. Brasília: Iphan, 2009. 527 p.
  8. GOMIDE, T. L. F.; NETO, J. C. P. F.; GULLO, M. A. Inspeção Predial Total: diretrizes e laudos no enfoque da qualidade total e engenharia diagnóstica. São Paulo: Pini, v. 2ª Edição, 2014.
  9. IBAPE/SP. Inspeção Predial. Check-up Predial: Guia da Boa Manutenção. 3ª. ed. São Paulo: Leud, 2012. 336 p.
  10. IPHAN. Inventário da obra de Athos Bulcão em Brasília. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Brasil). Brasília, p. 60. 2018.
  11. IPHAN. Inventário da obra de Athos Bulcão em Brasília. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Brasil). Brasília, p. 60. 2018.
  12. JOHN, V.; SATO, N. M. N. Construção e Meio Ambiente: Durabilidade de componentes da construção. Porto Alegre: Habitare, p. 20-57, 2006.
  13. KNAPP, L. M.; OLIVAN, L. I. Método GUT: Aplicado às Estruturas Metálicas e Estruturas de Concreto. São Paulo: Leud, 2021.
  14. LNEC. Método de Avaliação do Estado de Conservação dos Imóveis - MAEC. Laboratório Nacional de Engenharia Civil - LNEC. Lisboa. 2013.
  15. MARTINATTI, Y. W. P. Desenvolvimento de modelo multicritério de tomadas de decisões para aplicação na conservação de edificações das superquadras do Plano Piloto em Brasília/DF. Dissertação de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo. Programa
  16. NATÁRIO, A. L. R. Modelo de gestão da manutenção em edifícios da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa: indicadores de desempenho da manutenção de edifícios. Dissertação de Mestrado em Construção e Reabilitação – Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa. Lisboa, p. 86. 2016.
  17. PANTOJA, J. D. C. et al. A Influência da Ponderação na Avaliação do Grau de Criticidade em Edificações de Múltiplos Pavimentos Via Inspeção Predial. In: PARANOÁ, R. Dossiê Especial - Tecnologia, Ambiente e Sustentabilidade. 1ª. ed. Brasília: Paranoá (UnB), 2020. p. 126-138. ISBN 1679-0944.
  18. RILEM RECOMMENDATIONS. CPC – 18: Measurement of Hardened Concrete Carbonation Depth.
  19. ROYAL NETHERLANDS STANDARDIZATION INSTITUTE. NEN 2767 - Condition assessment built environment - Part 1: Methodology. NEN. Holanda, p. 37. 2019

How to Cite

Tavares, D. de S., Figueiredo, C. R., Silva, L. S. da, & Pantoja, J. da C. (2024). Estudo comparativo de metodologias de inspeção para avaliação do estado de degradação de edifícios . International Journal of Scientific Management and Tourism, 10(3), e961. https://doi.org/10.55905/ijsmtv10n3-039

Download Citation

Current Issue


MOST READ LAST WEEK

Keywords