International Journal of Scientific Management and Tourism https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj <p>The<em> International Journal of Scientific Management and Tourism (</em>IJOSMT) accepts research articles, reviews and short communications of content related to all areas of knowledge, including quantitative methods, financial and econometrics models, business organization and case studies. Research articles and short communications must report original work not previously published in any language and not under consideration for publication elsewhere.</p> <p>IJOSMT is published in Brazil, both in its printed and electronic versions.</p> <p><strong>ISSN</strong>: 2386-8570 (on line version)</p> <p><strong>ISSN</strong>: 2444-0299 <span class="selectable-text copyable-text"> (printed version inactive)</span></p> en-US [email protected] (Editorial Team) [email protected] (Editorial Team) Thu, 02 May 2024 00:00:00 +0000 OJS 3.3.0.13 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Developing a roadmap for implementing digital transformation to improve the resilience of port operations https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/888 <p>The aim of this study is to create a comprehensive guide for achieving operational resilience in port operations through digital transformation. Port activities face significant challenges on a global scale, stemming from the complexity of operations and the occurrence of undesirable events that can disrupt the continuity of operations. To understand the current practices of digital transformation for operational resilience, this study draws upon systems theory, resource-based theory, and dynamic capabilities theory as foundational frameworks. The "fit-for-purpose" methodology is employed to adapt the method (cross-referencing) and the approach (metanarrative) in order to align with the research objective. The findings reveal that a roadmap for digital transformation, with a focus on resilience, consists of three key narratives: (1) evaluation and planning, which involves identifying goals, strategies, acquiring resources, and establishing governance; (2) implementation, which includes testing and integrating new technologies, as well as training employees; and (3) monitoring and evaluation, which entails tracking and assessing progress, and making necessary adjustments. Furthermore, the effectiveness of these steps is contingent upon gradually scaling projects, prioritizing critical challenges, and obtaining support from stakeholders.</p> Paulo Sergio Altman Ferreira Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/888 Fri, 03 May 2024 00:00:00 +0000 La gestión administrativa en elprograma de practicas profesionales en la universidad de sonora para el logro de la calidad de la educación https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/889 <p>En las universidades, la búsqueda constante de la calidad en los programas de licenciatura que ofertan es una constante dada la demanda de éstas, los programas de materia y en general los requisitos para considerarse egresado, vienen a fortalecer el perfil de egreso para una pronta inserción en el mercado laboral de los egresados, es por ello que junto con la planta docente constituyen un eje fundamental de mejora continua para lograr los objetivos del plan de desarrollo institucional. La gestión administrativa dentro del programa de prácticas profesionales como un medio para alcanzar la calidad de la educación y acercar al estudiante a un ambiente laboral real donde pueda practicar sus conocimientos adquiridos en el aula, son los objetivos de la institución, que forman el cuerpo de acción a seguir dentro de un marco de mejora continua, para lograr las directrices que forman el plan de desarrollo institucional, y lograr el objetivo social.</p> Francisco Javier Espinoza Valencia, Patricia Aguilar Talamante Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/889 Fri, 03 May 2024 00:00:00 +0000 Regionalização de áreas suscetíveis à chuva persistente, extrema e abrangente no período 1986-2016 em Santa Catarina, Brasil https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/890 <p>A chuva extrema causa diversos impactos negativos à sociedade deixando sinais claros das áreas suscetíveis aos desastres. O objetivo principal desta pesquisa é estudar os even-tos extremos de chuva persistente e abrangente nas cidades do estado de Santa Catarina (SC) entre os anos 1986-2016. Com uso de álgebra de mapas foi desenvolvida uma me-todologia, baseada na modelagem conceitual e validada por meio de uma aplicação prá-tica. Resultados demonstram que as regiões em Santa Catarina que sofrem com maior frequência e intensidade de chuvas persistentes extremas encontram-se no litoral e no meio oeste do estado, como por exemplo Florianópolis, Itajaí e Campos Novos. No oeste catarinense verifica-se uma diminuição quanto à tendência e número de eventos nos úl-timos 31 anos, assim como, de seus acumulados totais. A cidade declarada como a mais suscetível aos eventos extremos de chuva persistente foi Itajaí, região que registrou os maiores danos históricos.</p> Raidel Báez Prieto, Francisco Henrique de Oliveira, Carla Corrêa Prieto, Raul León Báez Olazábal, Doris Vivian Prieto Valdés, Renan Furlan de Oliveira, Raul Báez Prieto, Renan Ferreira Renzo Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/890 Fri, 03 May 2024 00:00:00 +0000 Contribuições do estado da arte sobre as políticas públicas para a agricultura familiar após a agenda 2030 das Nações Unidas https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/898 <p>O presente artigo tem por objetivo identificar contribuições do estado da arte sobre as políticas públicas para a agricultura familiar após a aprovação da Agenda 2030 pela Organização das Nações Unidas, bem como inovações relacionadas ao estudo. Trata-se de pesquisa exploratória, de procedimento bibliográfico e de abordagem qualitativa. Os resultados evidenciaram que o estado da arte de artigos classificados nos dois primeiros quartis do <em>Scimago</em>® aponta para as seguintes dimensões de políticas públicas para a agricultura familiar: i) participação social no contexto de fomento Estatal; ii) acesso à crédito; iii) acesso à terra; iv) acesso à água; v) acesso a mercados institucionais; vi) gênero, com destaque para as mulheres; e, vii) combinação entre essas políticas públicas para a agricultura familiar. Contudo, não foram evidenciadas inovações no estudo da temática. Assim, sugere-se que a combinação de políticas públicas para agricultura familiar retratada pela literatura possa promover inovações relevantes para o desenvolvimento da agricultura familiar nas dimensões identificadas, podendo ser utilizada como fundamento de outros estudos e auxiliar governos na formulação e na implementação de políticas públicas a partir das perspectivas e resultados deste estado da arte.</p> João Carlos Belarmino Aguiar, Lidiane de Almeida Pereira, Luciana Santos Costa Vieira da Silva, Wesley Vieira da Silva, Fernando Fleury Curado, Bianca Lima Silva, Adalberon Nonato Sá Júnior, Paulo Tadeu Moreira Saldanha Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/898 Wed, 08 May 2024 00:00:00 +0000 Mapeamento e caracterização da cooperação científica baseado em análise de redes https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/899 <p>A produção científica, bem como os artigos científicos, exerce um papel central para obtenção de novos conhecimentos na área acadêmica e soluções para problemas que permeiam a sociedade. De modo geral, o artigo tem uma função importante na difusão da pesquisa e no desenvolvimento de ciência e tecnologia, sobretudo, quando produzido de forma colaborativa. O aumento da colaboração científica é uma característica importante da evolução da ciência e do panorama acadêmico atual, determinado pela natureza multidisciplinar e cada vez mais especializada da pesquisa. O presente trabalho realiza uma investigação acerca do levantamento de dados de artigos científicos em cooperação, na Universidade Federal de Goiás, durante os anos de 1981 a 2020, através da Web of Science. </p> <p>...</p> Giovanna Alice Ferreira da Costa, Peterson Elizandro Gandolfi, José Eduardo Ferreira Lopes, Alex Fabianne de Paulo Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/899 Wed, 08 May 2024 00:00:00 +0000 Utilizando o Framework Cralves como guia para ideias disruptivas em proteção de dados https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/901 <p>Este artigo tem como objetivo explorar a relação entre privacidade de dados, criatividade e inovação, destacando o potencial do Framework Cralves como ferramenta capaz de gerar ideias inovadoras em proteção de dados. A pesquisa envolveu uma revisão bibliográfica de artigos com foco nos anos de 2015 a 2023. Foram estabelecidos critérios de inclusão e exclusão para selecionar os artigos pertinentes sobre criatividade, inovação e proteção de dados. A aplicação do Framework Cralves foi utilizada como abordagem para desenvolver ideias de proteção de dados. Aplicou-se aqui o método qualitativo de natureza exploratória, na busca de evidenciar diversas interações a que está submetido o objeto de estudo. A partir da aplicação do Framework Cralves, desenvolveram-se ideias criativas e soluções inovadoras para abordar os desafios da segurança de dados. O processo foi conduzido em três fases, coletando dados através da observação e análise de cada etapa. Concluiu-se que o uso da ferramenta Framework Cralves pode impulsionar a geração de ideias inovadoras na proteção de dados, contribuindo para o avanço das práticas de segurança digital e o crescimento sustentável das empresas em um cenário digital em constante evolução.</p> Simone Medeiros Jalil, Cristiano Alves, Aquiles Medeiros Filgueira Burlamaqui Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/901 Wed, 08 May 2024 00:00:00 +0000 Innovative travel experiences: discovering smart tourism in Uruguay's Punta del Este https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/902 <p>This article aims to measure the concept of smart tourist destinations in Punta del Este and propose a conceptual research model to analyze the integration of smart technologies in the tourism context of the region. The research methodology is quantitative, and descriptive in 5 dimensions: a) information; b) accessibility; c) interactivity; d) personalization, and lastly e) security. The type of sampling is convenience. The data collection period was from March to December 2023, 774 cases were collected and answered by Brazilian tourists through a survey with 20 variables and a 5-point Likert scale. The evaluation for each dimension was on average: information with 3.5, accessibility with 3.27, interactivity with 3.18, personalization with 3.14, and security with 3.5. In tourism, smart technologies have caused significant changes, revolutionizing businesses, products, and tourism experiences. Information and Communication Technologies (ICTs) play a crucial role in the development of smart tourism by providing a convenient, user-friendly, and personalized travel experience. The DTI Punta Del Este Framework is an academic approach that aims to improve the visitor experience by offering accurate and personalized information, optimizing business operations, and attracting new visitors, increasing the competitiveness of the sector.</p> Luis Fernando Moreira, Uiliam Hahn Biegelmeyer, Maria Emila Camargo, Tania Craco, Kelly Anne Santos do Nascimento, Glislaine Rose Bezerra do Amaral, Hilton Henrique Cruz Santos Pereira, Lucas Tartarotti Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/902 Wed, 08 May 2024 00:00:00 +0000 O aprendizado de máquina no contexto da competição das lógicas de padronização e personalização da atenção à saúde https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/904 <p>A integração das Tecnologias de Informação e Comunicação na área da saúde criou oportunidades para a utilização de tecnologias analítico-preditivas de Big Data como ferramenta de tomada de decisão. Contudo, trata-se de um ambiente complexo onde diversas lógicas institucionais orientam os diferentes profissionais e atores envolvidos. Pela lente teórica das múltiplas Lógicas Institucionais, podemos identificar o alinhamento de propostas de integração do Aprendizado de Máquina na saúde a partir de duas lógicas principais: uma que enfatiza a padronização do atendimento, apoiada na abordagem científica da prática médica, e outra que prioriza a personalização, que valoriza o cuidado e a atenção individualizados aos pacientes inseridos em suas comunidades. Nossa análise indica que as técnicas e algoritmos utilizados para atingir esses objetivos variam dependendo da lógica institucional prevalente na área dos artigos acadêmicos sobre o uso de Aprendizado de Máquina. Por exemplo, na medicina, o foco está no desenvolvimento de algoritmos para melhoria diagnóstica, o que está associado a estratégias de personalização. Por outro lado, na gestão, a ênfase está nas estratégias de classificação para aumentar a eficiência dos processos de triagem em saúde, o que é típico da padronização. À medida que a tecnologia continua a avançar, as fronteiras entre padronização e personalização tornam-se menos distintas e as duas lógicas convergem. Essa convergência se baseia em propostas de atendimento individualizado que aderem aos padrões médicos estabelecidos, utilizando algoritmos que permitem avanços diagnósticos e terapêuticos, ao mesmo tempo que aumentam a eficiência por meio da automação.</p> Marco Aurélio Mazzei, Arnaldo Luiz Ryngelblum Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/904 Wed, 08 May 2024 00:00:00 +0000 Percepção dos atores acadêmicos da integração dos Stakeholders no desenvolvimento sustentável das organizações https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/905 <p>As interações entre múltiplos <em>stakeholders </em>tem sua importância nas últimas duas décadas, em virtude das interações das informações que obrigam conexões entre indivíduos e grupos. Este trabalho tem como objetivo analisar a interseção entre a teoria dos <em>stakeholders</em>, a teoria das redes e a teoria da justificação, na perspectiva de docentes do tema. Valendo-se da análise de questionários aplicados a acadêmicos da área de Administração da Universidade Federal de Campina Grande, da Universidade Federal do Pampa, da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, e da Universidade Federal de Santa Maria. Os dados coletados possibilitam a reflexão de que os acadêmicos sugerem que as relações com os <em>Stakeholders</em> centradas na organização, migram para as relações em rede descentralizadas e com diversos atores, que apresentam interações entre a teoria dos <em>stakeholders</em>, a teoria das redes e a teoria da justificação<em>. </em>A contribuição do estudo para a teoria dos <em>stakeholders </em>é o destaque da importância da evolução das relações com uma abordagem centrada na organização migrando para uma abordagem em rede, enfatizando a necessidade de diálogo contínuo e colaboração para promover o desenvolvimento da regionalidade, ou seja do entorno da organização.</p> Ciro André de Lima Campão, Ricelho Fernandes de Andrade, Domingos Gualberto de Oliveira, Celso Machado Júnior Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/905 Wed, 08 May 2024 00:00:00 +0000 Analisando as relações entre as multidimensões da pobreza: uma aplicação do modelo PVAR https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/907 <p>O objetivo deste trabalho é identificar o sentido para as relações entre as interdimensões da pobreza. Para isto, será utilizado o modelo de Vetores Auto – Regressivos para dados em Painel–PVAR. A análise balizar-se-á na estimação das funções de impulso-resposta. Os dados utilizados remetem-se as informações sobre renda, saúde, educação e habitação para 5.593 municípios brasileiros entre 1970 e 2000, sendo a fonte de tais informações devida ao Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA. Os resultados destacam uma relação positiva entre as privações monetária, educacional e em habitação. Apesar da pobreza em saúde responder positivamente aos choques nas demais dimensões da pobreza, choques na privação em saúde afeta negativamente o comportamento destas últimas. Ainda, mediante choques nas próprias séries, identificaram-se respostas positivas para todas as séries analisadas. Assim, pôde-se verificar que as relações interdimensionais da pobreza mostraram que para municipalidades onde o nível de privação para alguma dimensão mostra-se significativo tem-se conjuntamente uma condição desfavorável nas demais óticas da pobreza.</p> Rodolfo Ribeiro Ferreira da Costa, Francisco Soares de Lima, Joedson Jales de Farias, Antônia Wigna de Almeida Ribeiro Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/907 Fri, 10 May 2024 00:00:00 +0000 A Transferência de conhecimento contribuindo para a replicação de Hubs de Inovação para apoio de startups https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/911 <p>Ecossistemas de Inovação são locais onde pessoas, empresas e organizações interagem para desenvolver projetos inovadores. Nestes locais surgem os Hubs de Inovação, ambientes baseados na filosofia da inovação aberta. Grandes empresas estão criando hubs de inovação para encontrar soluções e tecnologias para os seus problemas. Esta pesquisa traz como problemática estudar e identificar o processo de gestão de hubs de inovação e, a partir de casos reais, formalizar um processo para replicar estas experiências por meio da transferência de conhecimento. O método de pesquisa envolveu um estudo de múltiplos casos em três hubs de inovação: CUBO Itaú, Acate-SC e Escola Incubadora do Colégio Pestalozzi; por meio de entrevistas abertas buscou-se compreender o processo de gestão destas organizações para possibilitar a transferência de conhecimento e replicação por outras organizações. Como principais considerações sugere-se que, os hubs sejam mantidos por corporações que ofereçam infraestrutura tecnológica, possuam extensa rede de negócios e <em>networking</em>, aproximação com anjos investidores e possuam sinergia com as startups associadas.</p> Antonio Lobosco, Martinho Isnard Ribeiro de Almeida Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/911 Thu, 16 May 2024 00:00:00 +0000 Diferenciais estratégicos em redes de empresas: um estudo no APL de calçados de Jaú/SP https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/913 <p>A busca por diferenciais estratégicos que possam permitir às empresas enfrentarem cenários adversos deve ser constante. As empresas, ao se agruparem em Arranjos Produtivos Locais (APL’s), como o das indústrias de calçados femininos de Jaú/SP, buscam obter diferenciais competitivos. Neste contexto, o objetivo deste artigo foi elaborar um perfil das empresas produtoras de calçados do APL de Jaú/SP, seus modelos de gestão e produção. Para tanto foi aplicado um questionário estruturado, de forma presencial, em 53 empresas do APL de Jaú/SP, no período de Agosto/2014 à Julho/2015, o que permitiu compreender se elas estão ou não explorando as vantagens de estarem em um APL. Ao analisar os dados, verificou-se que as empresas, em sua maioria, são Micros e Pequenas Empresas (MPE), com baixo nível de cooperação entre elas, inclusive com uma utilização insipiente dos conceitos de redes de operações produtivas, muito embora estes elementos devam estar presentes em um APL. Observou-se um volume significativo de empreendedorismo, muitos jovens presentes ocupando os cargos de gestão, o que indica que existe espaço para aplicação de novos conceitos e novas filosofias, na busca de diferenciais estratégicos.</p> Marcos Antonio Bonifácio, Célio Favoni, Aparecida Maria Zem Lopes Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/913 Thu, 16 May 2024 00:00:00 +0000 Proposta de um modelo de balanço socioambiental para o setor hoteleiro no estado de Alagoas https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/919 <p>A contabilidade tem seus desafios em virtude das mudanças sociais, ambientais, econômicas e políticas.&nbsp; No Estado de Alagoas pouco se faz uso da contabilidade ambiental como suporte à gestão ambiental nos hotéis. Nesse sentido surge o problema a ser abordado nesta pesquisa: verificar quais ações que o setor hoteleiro alagoano adota em relação à preservação com o meio ambiente e propor a implementação de um balanço socioambiental no setor hoteleiro. A metodologia utilizada foi exploratória e descritiva. Durante aplicação do questionário foi verificado que há uma carência de profissionais ligados à gestão ambiental, para que ocorra a implantação de um balanço socioambiental no setor hoteleiro. Porém, nota-se uma preocupação voltada para a gestão ambiental através de estudos iniciados no setor hoteleiro alagoano sobre a inclusão de ações ambientais. Diante dos dados apresentados aos hotéis entrevistados, foi verificado que pouquíssimo utiliza o plano de contas ambiental. Entretanto, é um assunto que está em pauta na gestão dos hotéis.&nbsp; Enfim, essa atitude se torna importante devido ao fato de o setor hoteleiro está interligado direta e indiretamente com o meio ambiente.</p> Iris Medeiros de Barros Cavalcant, Ana Paula Lima Marques Fernandes Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/919 Mon, 20 May 2024 00:00:00 +0000 Produção responsável e combate às alterações climáticas: como empresas de moda têm atuado https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/920 <p>A indústria da moda tem se mostrado altamente poluente, assim as empresas estão sendo desafiadas a adotarem ações mais sustentáveis em suas cadeias produtivas. Nesse sentido este estudo buscou verificar o desempenho de empresas de moda do Sul do Brasil em relação a incorporação de ações que assegurem o consumo e a produção responsáveis e o combate às alterações climáticas, bem como, identificar a divulgação de ações neste âmbito. O estudo adota uma abordagem quanti-qualitativa, de caráter descritivo. Quanto ao método optou-se pelo tipo <em>Survey</em>, para a parte quantitativa e para a parte qualitativa utilizou-se a pesquisa de estratégia documental. A amostragem seguiu o critério não probabilístico por julgamento, selecionando empresas de uma das principais regiões produtoras de moda do Brasil. A técnica de coleta de dados quantitativos foi o questionário, instrumento elaborado com 16 questões, sendo 03 questões abertas, referentes ao perfil das empresas e 13 questões afirmativas, medidas em uma escala <em>likert</em>. Os dados qualitativos foram coletados nos sites das instituições da amostra, e incluíram todas as notícias publicadas entre janeiro de 2019 e novembro de 2023. Os dados quantitativos foram tratados por meio da estatística descritiva e os dados qualitativos foram tratados por meio da análise conteúdo. Como resultado se verificou que as empresas possuem um desempenho insatisfatório, pois não adotam com frequência ações sustentáveis. Além disso, há pouca divulgação sobre práticas de sustentabilidade. O desempenho negativo é preocupante porque mudanças nos sistemas produtivos são urgentes já que os níveis de poluição no planeta têm aumentado rapidamente.</p> Jéssica Alves da Motta, Ricardo Ribeiro Alves, Ana Júlia Teixeira Senna Sarmento Barata Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/920 Mon, 20 May 2024 00:00:00 +0000 A irrelevância dos pagamentos de dividendos: um estudo econométrico das empresas listadas na B3 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/921 <p>A política de distribuição de dividendos é um tema que tem sido discutido na academia ao longo dos anos. Determinar o valor de uma empresa que paga mais ou menos dividendos utilizando métodos econométricos tem sido um desafio uma vez que os investidores buscam empresas que seja lucrativa para obter sua parcela paga em dividendos, porém a teoria da clientela de Miller e Modigliani (1961) demonstra que os investidores acreditam ser irrelevantes a distribuição dos dividendos. O artigo apresenta um estudo econométrico utilizando regressão logística utilizando variáveis explicativas como liquidez corrente, endividamento geral, giro do ativo e retorno sobre o ativo para determinar a relevância do pagamento de dividendos para a criação de valor das empresas. O resultado apresentou que não só o pagamento de dividendo é irrelevante como a importância do ROI como variável explicativa de criação de valor.</p> Juarez Torino Belli, Antonio Benedito Silva Oliveira, Eduardo Cezar de Oliveira Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/921 Mon, 20 May 2024 00:00:00 +0000 Investimento direto estrangeiro e a capacidade produtiva de países Latino-Americanos https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/922 <p>Países emergentes têm como um de seus objetivos principais alcançar maior progresso produtivo industrial que fomente o desenvolvimento institucional e econômico. Em vista disso, este artigo analisa o papel do governo e das entradas de investimento direto estrangeiro (IDE) no desenvolvimento da capacidade produtiva de países latino-americanos. A amostra da pesquisa foi composta por 19 países da América Latina que receberam IDE entre 2000 e 2018. Os resultados, obtidos por meio de uma metodologia quantitativa, apontaram um efeito positivo das entradas de IDE e dos gastos do governo na capacidade produtiva dos países da amostra. O efeito moderador dos gastos do governo na relação entre o IDE e a capacidade produtiva não foram confirmadas. Os resultados contribuem para as pesquisas do campo de negócios internacionais ao analisar o IDE em economias latino-americanas, que ainda são um contexto negligenciado pela literatura. Ademais, demonstra a importância tanto dos fluxos de capital estrangeiro, quanto da intervenção do governo para a evolução da capacidade produtiva de países emergentes, um tema ainda pouco explorado.</p> Larissa Cristina Ribeiro e Souza, Fabiane Fidelis Querino, Cristina Lelis Leal Calegario Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/922 Mon, 20 May 2024 00:00:00 +0000 O poder de compra governamental e seus reflexos na capacidade de inovar das empresas brasileiras https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/923 <p>À luz da abordagem do Sistema de Inovação (SI), os processos de inovação são desencadeados a partir de um contínuo e interativo aprendizado por parte das firmas, em seus relacionamentos internos e externos. As políticas de inovação devem influenciar as interações entre os agentes para geração, desenvolvimento, difusão e comercialização de novas tecnologias e novos conhecimentos. Em especial, o debate a respeito das políticas de compras governamentais tem tomado crescente dimensão no meio acadêmico e entre decisores políticos. Com esse ensaio teórico propõe-se uma discussão sobre os reflexos do poder de compra governamental na capacidade de inovar das empresas. Argumenta-se que o arcabouço legal não permite a interação entre o setor público e os fornecedores privados, dificulta o aprendizado contínuo, ao ampliar os custos de transação envolvidos nos contratos administrativos; logo, não estimula o desenvolvimento da capacidade de inovar das empresas.&nbsp; Entendeu-se ser adequado buscar elementos da Nova Economia Institucional, que pudessem contribuir para a definição de instituições ainda em construção na abordagem de SI. Acredita-se que este ensaio possa trazer contribuições teóricas e conceituais à abordagem, e suscitar estudos empíricos que permitam uma análise mais aprofundada da política de compras governamentais, ainda incipiente no Brasil.</p> Ana Raquel Mechlin Prado, Gilberto Perez, Walter Bataglia Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/923 Mon, 20 May 2024 00:00:00 +0000 Análise institucional em empresas incubadas: novas empresas e plano de negócio https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/924 <p>O estímulo à abertura e ao desenvolvimento de novos negócios ganhou um impulso relevante com a incubação e procedimentos para análise da viabilidade de empreendimentos. Neste trabalho o objetivo foi analisar as pressões institucionais experimentadas por empresas que passaram por processo de incubação, nomeadamente quanto à elaboração de Plano de Negócio. Metodologicamente, na busca de uma abordagem empírica, utilizou-se pesquisa qualitativa, com análise de conteúdo, tendo sido realizadas entrevistas em profundidade com seis empresas graduadas e três incubadoras de empresas, onde as empresas se graduaram. Concluiu-se que a utilização pelas empresas do Plano de Negócio é revestida de aspectos institucionais, com pressões coercitivas e normativas sobre as empresas e empreendedores, das quais a principal provém das próprias incubadoras de empresas.</p> Geraldo Magela Rodrigues de Vasconcelos, Gustavo Melo Silva Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/924 Mon, 20 May 2024 00:00:00 +0000 Revisão da Lei de Cotas: uma avaliação após dez anos de implementação pela Universidade Federal de Uberlândia https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/925 <p>Esta pesquisa buscou investigar o processo de implementação de políticas de ação afirmativa pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) após um período superior a 10 anos de promulgação da Lei nº 12.711/2012, como forma de avaliação de sua efetividade na correção de distorções históricas e democratização do acesso ao ensino superior brasileiro. Realizou-se uma revisão da literatura e descrição de outras experiências.&nbsp; Os resultados demonstraram o início tardio na reserva de vagas, a permanência da hegemonia branca, com ampla maioria de estudantes brancos, tanto na graduação quanto na pós-graduação <em>stricto sensu</em>, além&nbsp; das dificuldades institucionais no acompanhamento e no preenchimento de vagas destinadas a pessoas com deficiência.</p> Ricardo de Oliveira Máximo, Cíntia Rodrigues de Oliveira Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/925 Tue, 21 May 2024 00:00:00 +0000 Gestão Social: os impactos da pandemia de COVID-19 na cidade de Vitória da Conquista sob a ótica do Cadastro Único (CadÚnico) https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/926 <p>O presente artigo visa realizar uma análise comparativa dos impactos sociais gerados pela pandemia de Covid-19 no Município de Vitória da Conquista à luz dos dados do &nbsp;Cadastro Único – CadÚnico. Especificamente, busca comparar indicadores sociais do período pré-pandemia de Covid-19 (ano de 2019) com o período da pandemia de Covid-19 (anos de 2020 e 2021). Para tanto, é realizada uma pesquisa bibliográfica de abordagem descritiva e quali-quantitativa a partir de dados e informações do CadÚnico disponibilizadas na plataforma VIS DATA 3 beta do Ministério da Cidadania. O CadÚnico é um dos vários indicadores substanciais utilizados como instrumentos de medição da gestão pública, sobretudo, da Política de Assistência Social, as quais, desde a Constituição de 1988, busca, por meio de benefícios e serviços, afiançar os direitos sociais da população. Como principais resultados da pesquisa, constata-se, no período analisado, um agravamento das questões sociais no município de Vitória da Conquista, em razão do aumento de 35,39% das pessoas na condição social de “extrema pobreza”, além de um crescimento de 33,34% na quantidade de cidadãos inscritos no CadÚnico.</p> Joabe Silva Oliveira, Marcus Vinicius Carvalho Fagundes Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/926 Tue, 21 May 2024 00:00:00 +0000 Administração de conflitos como ferramenta da gestão de pessoas e equipes envolvidas em projetos https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/927 <p>A mediação de conflitos, como técnica, destaca-se como ferramenta crucial na gestão de projetos, pois os conflitos entre membros da equipe podem prejudicar o desempenho e os resultados do projeto. Este estudo, fundamentado em pesquisa exploratória, aborda a utilização da mediação de conflitos como parte integrante da gestão de pessoas e equipes em projetos, enfatizando seus benefícios e desafios. A pesquisa bibliográfica em livros e periódicos foi empregada para embasar este estudo, referenciando os principais autores da área. Ao compreender como a mediação de conflitos pode ser aplicada de forma eficaz, os gestores de projetos podem promover um ambiente colaborativo e produtivo, contribuindo para o sucesso do empreendimento.</p> Karla Palmira Fronio Rotermund, José Roberto Campanele Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/927 Tue, 21 May 2024 00:00:00 +0000 Bancos digitais: um estudo sobre a relação entre a educação financeira e o comportamento digital https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/928 <p>No Brasil, mais da metade das transações bancárias são realizadas por canais digitais como o <em>internet/mobile banking</em>, bem como é crescente o número de iniciativas que visam promover a educação financeira. Este trabalho buscou verificar se as pessoas com educação financeira tendem a ser usuárias de bancos digitais, ou se não há relação entre essas variáveis. Foi então realizada uma coleta de dados do tipo <em>survey</em> (<em>n</em>=210), bem como foram realizados os testes de Qui-Quadrado de Pearson e posteriormente, calculados os coeficientes de contingência modificados para mensurar a intensidade das associações. Concluiu-se que que: (1) a expansão do uso das <em>fintechs</em> é independente das pessoas possuírem ou não algum nível prévio de educação financeira.; (2) pessoas mais jovens e com rendimentos menores são maiores usuárias de bancos digitais e (3) existe associação entre este grupo com comportamentos digitais de realização de compras, pagamentos e transferências pelo celular.</p> Gabriel Jabor, Tabajara Pimenta Junior, Lívia Maria Lopes Stanzani, Márcia Mitie Durante Maemura Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/928 Tue, 21 May 2024 00:00:00 +0000 A importância da gestão de custos em uma empresa de serviços financeiros: um estudo de caso na nn gestão financeira https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/931 <p>A importância da gestão de custos em uma empresa de serviços financeiros é amplamente reconhecida como um fator crucial para o sucesso e sustentabilidade do negócio. Este estudo tem como objetivo analisar a importância da gestão de custos na NN Gestão Financeira, uma empresa de serviços financeiros, identificando suas práticas de gestão de custos, avaliando seus impactos na eficiência operacional e financeira e propondo estratégias para aprimorar a gestão de custos e otimizar os resultados. Para atingir esse objetivo, foi realizada uma revisão bibliográfica dos conceitos e fundamentos da gestão de custos, assim como das metodologias e técnicas aplicáveis a empresas de serviços financeiros. Em seguida, foram coletados dados por meio de questionários e entrevistas com os gestores da NN Gestão Financeira, a fim de identificar as práticas atuais de gestão de custos. Os resultados revelaram que a correta mensuração e alocação dos custos têm um impacto direto na eficiência operacional e financeira da empresa. Uma gestão eficiente de custos permite identificar oportunidades de otimização de recursos, reduzir custos desnecessários e alocar eficientemente os recursos disponíveis. Além disso, a análise dos indicadores financeiros mostrou que a gestão de custos influencia diretamente a rentabilidade da empresa. Com base nos resultados, foram propostas estratégias para aprimorar a gestão de custos na NN Gestão Financeira, visando otimizar a eficiência operacional e financeira da empresa.</p> Yunare Zacarias Bezerra Maia, João Victor de Lima Barroso, Lucian Hendyo Max Pereira, Charles Miller de Góis Oliveira, Kennedy Paiva da Silva, Taynara Milene da Silva, Jordan Medeiros de Oliveira, Sara Maia e Silva, Samella Mirellys Carlos de Lira, Alcynara Nogueira dos Santos, Henrique Barbosa da Silva, José Irailson Gama Oliveira, Judson Andrade Freire Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/931 Wed, 22 May 2024 00:00:00 +0000 Custos de implantação de tanques de recirculação de água para aquicultura https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/933 <p>O Brasil possui grande potencial para a aquicultura em sistema de recirculação de água (RAS), pois nesta técnica ocorre a redução dos impactos ambientais através do uso e reaproveitamento da água de cultivo, se mostrando um sistema mais sustentável e aplicável às regiões semiáridas brasileiras, principalmente no de cultivo tilápias no Nordeste. Assim, este estudo teve por objetivo avaliar os custos de implantação de três tipos de tanques circulares: (1) PVC flexível, (2) PEAD e (3) Ferrocimento, em RAS, no cultivo de tilápia, o que é de suma importância, pois os tanques de cultivo representaram o maior custo de um sistema de produção aquícola em sistemas de recirculação, correspondendo a 24,6% o tanque de Ferrocimento, 31,9% PVC flexível e 34,7% de PEAD. Considerando que todos os tanques apresentam viabilidade técnica, independente do material utilizado na sua construção, os tanques de Ferrocimento apresentam menor investimento inicial na sua implantação, sendo, portanto, o mais adequado para aquicultura familiar.</p> Josenildo de Sousa e Silva, Angélica de Oliveira Portela Cunha, Carla Suzy Freire de Brito, José Milton Barbosa Copyright (c) 2024 https://ojs.scientificmanagementjournal.com/ojs/index.php/smj/article/view/933 Wed, 22 May 2024 00:00:00 +0000